Ak Real Colors
Escrito por Augusto Versiani   
Ter, 12 de Junho de 2018 22:23

capa

AK Real Colors

A AK lançou uma nova linha de tintas para militaria, totalmente diferente do que tinha no catálogo até agora e com um enorme gama de cores, são um total de 114 opções incluindo os vernizes e as tintas translucidas. . Não só a formulação das tintas é diferente, mas as próprias cores foram desenvolvidas por um grupo de especialistas no assunto.

A tinta

A nova linha é uma laca acrílica, quem conhece as tintas Tamiya a Gunze não vai sentir dificuldade com esta nova fórmula. A tinta vem em potes de 10 ml, podendo ser compradas avulsas ou em jogos de 3 ou 4 cores agrupadas por assuntos específicos. No rotulo encontramos a descrição da cor, o código da Ak e o código da tabela oficial equivalente, RAL, FS, BSC e etc. As cores foram desenvolvidas por um time de 4 especialistas, cada um com conhecimento em um dos principais ramos da militaria. O resultado deste estudo está em um livro, editado pela própria AK.

vidro (1)

 

tintas (1)

 

 

Quem abrir o pote vai de imediato identificar o cheio bastante característico deste tipo de tinta, neste caso muito parecido com o da Gunze. Segundo a Ak as vantagens desta nova fórmula são:

  1. Facilidade na aplicação com o aerógrafo dando grande fluidez e com propriedades auto nivelantes, ou seja, mesmo se encharcar uma determinada área a tinta vai “esticar” ao secar não deixando marcas.
  2. Grande compatibilidade com vários tipos de solventes, solventes acrílicos, solventes para tintas laca, solventes para tintas automotivas, todos podem ser usados. Só não se recomenda usar solventes vinílicos.
  3. Grande resistência depois de aplicada, a tinta adere bem ao plástico, seca com um acabamento fosco, e pode receber os vários produtos usados para desgaste e envelhecimento sem problemas.
  4. Grande compatibilidade com outras tintas de química semelhante, podendo ser misturada a cores de outros fabricantes sem problemas.

Teste prático

Nós recebemos dois conjuntos de cores, que vamos testar de várias formas, neste primeiro contato aproveitei uma montagem em andamento e resolvi testar o Cinza escuro alemão, mais conhecido como Panzer Grey, antes, porém, fiz alguns testes numa sucata.

Como a tinta tem a mesma base da acrílicas da Tamiya, testei com os diluentes mais usados nesta tinta: o X-20A da própria Tamiya, Thinner tempo 2002 e Álcool Isopropílico, o aerógrafo usado foi uma Badger Patriot, com bico fino.

Tanto com o solvente da Tamiya quanto com o Thinner, o resultado foi parecido, a tinta escorria mais do que eu esperava, tornando o controle da cobertura mais difícil. O acabamento ficou com um suave semibrilho. No entanto, em ambos os casos, uma vez seca a tinta não apresentou qualquer marca de escorrido, se comportando como anunciado pelo fabricante. O melhor resultado na aplicação eu obtive com o álcool isopropílico, cobertura foi fácil sem nenhum escorrido e o acabamento ficou mais fosco, como o anunciado pelo fabricante. Abaixo um vídeo mostrando a aplicação com o álcool isopropílico.

 

 

 

 

 

Em seguida apliquei diretamente no modelo, o acabamento ficou muito bom e a cobertura foi fácil, o passo seguinte será a aplicação dos efeitos de desgaste para ver como a tinta se comporta.

t (1)

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum