Albatros D.V - Eduard 1/72 (7402)
Escrito por Augusto Versiani   
Qui, 10 de Dezembro de 2009 00:00

Eduard  7402

 

Breve histórico:

O Albatros D V foi produzido como o objetivo de ser uma modernização dos bem sucedidos D II e D III que haviam dado superioridade aérea aos alemães, mas que já começavam a se tornar obsoletos diante dos novos aviões aliados.

O D III:

Para isso foi mantido o desenho básico com a introdução de alguns refinamentos aerodinâmicos e melhorias nos comandos. No entanto os voos iniciais demonstraram que o novo projeto não era o que se esperava. O novo avião era mais difícil de pilotar e tinha os controles mais pesados, além disso as falhas estruturais nas asas, defeito corrente nos D II e D III, não só não foram corrigidas como se mostrram mais frequentes. Para tentar contornara a situação um novo modelo, o D Va, foi desenvolvido com um reforço estrutural nas asas e um motor mais potente para compensar o aumento de peso. Mesmo com estas modificações o D V nunca foi considerado a altura dos aviões aliados da época e permaneceu em serviço apenas porque tanto o Fokker Dr I com o Pfalz D III apresentavam problemas semelhantes. Os alemães só vieram a ter novamente um avião de primeira linha com a introdução do Fokker D VII.

O Kit:

O Kit da Eduard, versão 'weekend', vem em uma única árvore no característico plástico marrom claro.

Os detalhes são bem feitos, sem falhas ou marcas de injeção. Mais uma vez o ponto alto é arepresentação das dobras do entelamento sobre as estruturas, muito convincentes.

Na árvore vem uma peça pra se fazer o apoio de cabeça para o piloto, acessório existente apenas nos primeiros modelos do D V, e que era retirado em campo a pedido dos pilotos por prejudicar a visão para trás.

As instruções são simples, em preto e branco, e mostra a única versão disponível para este modelo.

Os decais são bem impressos, com filme fino, e sem falhas aparentes.

A Eduard fez uma escolha interessante para este kit, ao invés de um avião de um ás escolheu uma versão bem chamativa de um piloto que mesmo sendo comandante do Jasta 5 de Junho de 1917 até maio de 1918 abateu apenas 2 vitórias. A primeira vitória de Flashar ficou bem conhecida por ter sido feita com uma pistola ainda no início da guerra. Flashar estava voltando de uma missão de reconhecimento quando foi atacado por um Morane francês. Usando sua pistola atingiu o avião inimigo que foi obrigado a pousar. Esta é considerda a primeira vitória aérea alemã da Iª guerra.

Obrigado Eduard pelo exemplar para review!

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum