AH-1S Cobra - Special Hobby - 1/72 (SH72277)
Escrito por Henrique Castro   
Ter, 19 de Maio de 2015 00:00

alt

AH-1S Cobra

Special Hobby - 1/72

(SH72277)

Histórico

Apesar dos Franceses terem sido os primeiros a armarem helicópteros para serem usados contra alvos terrestres, na campanha da Argélia, o marco do desenvolvimento dos helicópteros de ataque ocorreu alguns anos depois, durante a Guerra do Vietnã, com a Força Aérea dos EUA adotando helicópteros como plataforma de ataque. Como os helicópteros eram um dos principais meios de transporte usados no conflito, era necessário desenvolver um tipo de escolta adequado. Os aviões eram muito rápidos para dar cobertura durante o embarque e desembarque em zonas de conflito e não proporcionavam uma resposta rápida e aproximada durante a ação. Adaptar helicópteros com metralhadoras e casulos de foguetes foi considerada a melhor opção e impulsionou o desenvolvimento de aparelhos especificamente projetados para essa função.

Foi para atender essa necessidade que a Bell Helicopters desenvolveu o AH-1G Cobra, o primeiro helicóptero a entrar em ação especificamente projetado para ataque ao solo. O AH-1G foi usado com sucesso e em grande quantidade no Vietnã. Seu emprego foi tão bem sucedido, que a configuração do Cobra vem servindo de base no desenvolvimento de todos os helicópteros projetados posteriormente para ataque ao solo.

O AH-1S, versão encontrada no kit, é uma das várias modificações do Cobra. Ele possuía um motor mais potente e contava com o míssil TOW ("Tube-launched, Optically tracked, Wire-guided"), acumulando assim a função de anti-tanque. Essa função e um motor mais adaptado ao ambiente de operação no Oriente Médio, interessou Israel. O AH-1S foi amplamente usado por Israel, e o kit conta com as marcações desse país. O Cobra teve um importante papel na Guerra do Líbano e posteriormente em operações contra o Hezbollah. Israel retirou o AH-1S de serviço em 2013 devido ao elevado custo de manutenção e sua função passou a ser exercida por helicópteros AH-64 Apache e por "UAVs".

Referências:

GLOBAL SECURITY. AH-1S Cobra. Disponível em: <http://www.globalsecurity.org/military/systems/aircraft/ah-1s.htm>. Acesso em: 17 maio 2015.

CARNEIRO, Mário Roberto Vaz. Segurança e Defesa. [Helicópteros de ataque]. Disponível em: <http://www.segurancaedefesa.com/heli_atq1.html>. Acesso em: 17 maio 2015.

WIKIPEDIA. Bell AH-1 Cobra. Disponível em: <http://en.wikipedia.org/wiki/Bell_AH-1_Cobra>. Acesso em: 17 maio 2015.

 

O Kit

A Special Hobby oferece uma edição especial do AH-1S intitulada "IDF against Terrorists", com três marcações da "Israeli Defense Force", sendo duas usadas na Guerra do Líbano em 1982, e uma de 1978, na fase de familiarização de voo. Há ainda a possibilidade de uma quarta marcação, de 1979, que não está ilustrada no manual, mas conta com a indicação de dois sites onde pode ser encontrado o esquema.

A quantidade de peças surpreende, são 215 peças, dispostas em 7 grades, sendo uma das grades com peças transparentes. O kit conta também com 6 peças de resina. Mas seu projeto visa atender a outras versões, portanto, muitas peças não serão usadas para o AH-1S, chegando a ter grades com apenas duas ou três peças usadas.

A qualidade da injeção é muito boa e a quantidade de detalhes na fuselagem, hélices, armamento, e outras partes que irão compor o modelo, atendem muito bem. Alguns modelistas podem considerar as linhas de painel muito marcadas, o que é uma eterna discussão para essa escala. Isso vai exigir uma atenção especial na hora de destacar essas linhas na camuflagem, principalmente para o esquema de pintura usado na IDF. O interior agrada bastante, conta com uma quantidade de peças justa e é bem detalhado. Para quem deseja um detalhamento ainda maior no modelo, o próprio manual do kit sugere dois conjuntos de acessórios: um fotogravado produzido pela Eduard e um assento de resina da CMK.

alt alt alt alt
alt alt alt alt
alt alt alt alt

O canopy é formado por 5 peças transparentes que devem ser coladas, o que precisa ser feito com cuidado para evitar qualquer marca de cola e ainda assim garantir uma boa fixação. Ele pode ser montado aberto, o que é bem atrativo. Para utilizar as peças de resina, é preciso cortar uma parte da peça plástica que fica embaixo do rotor principal e outra no final da carenagem do rotor de cauda. Tarefas que não parecem ser das mais fáceis.

A folha de decais é pequena, impressa pela AVIPRINT. Possui as numerações e marcas de unidades, as insígnias da IDF, tarjas amarelas do armamento, e instrumentos para os painéis. O manual é todo colorido, no tamanho A5, contando 8 páginas. A montagem tem 20 passos, que ficariam melhor em ilustrações maiores e o entendimento não é imediato nos passos com mais de uma opção de montagem. As referências de cores indicadas são de tintas GUNZE.

alt alt alt alt
alt alt alt alt
alt alt alt alt

 

Conclusão

O kit permite uma montagem com um bom nível de detalhes e a pintura da IDF de deserto usada no AH-1S, apesar de monocromática, costuma ser atrativa. A montagem não é das mais simples, por isso é indicado para modelistas com boa experiência.  Recomendado.

 Agradecemos a Hobbyterra pelo exemplar deste review.Imagem

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum