Phantom F-4B "Good Morning Da Nang!" - Eduard 1/48 (1186)
Escrito por Júlio Martins   
Dom, 12 de Outubro de 2014 00:00

 

GOOD MORNING DA NANG!!! Eduard 1/48 1186

 

Introdução.

O McDonnell Douglas F-4 Phantom II é um caça biposto em tandem com duas turbinas, para ação em qualquer tempo, de longo alcance, multi-tarefa, desenvolvido originalmente para a Marinha dos Estados Unidos pela McDonnell Aircraft. Entrou em serviço em 1960, provando-se altamente adaptável às variadas funções de combate.

Robusto como sua silueta demonstra, talvez seja o caça mais emblemático que já esteve em vôo! Com uma velocidade máxima superior a Mach 2.2, ele pode transportar mais de 8.400 kg de armas em nove pontos fixos externos, incluindo mísseis ar-ar, ar-terra e diversas bombas. O F-4, assim como outros interceptores de seu tempo, foi projetado sem um canhão interno, pois a transição de ideologias do combate aéreo mostravam a evolução e as infinitas possibilidades do míssel de forma equivocada. Modelos posteriores incorporaram um canhão giratório M61 Vulcan.

Durante a Guerra do Vietnã, o F-4 foi amplamente utilizado, servindo como o principal vetor de superioridade aérea, tanto para a Marinha como para a Força Aérea e Fuzileiros, tornando-se importante tanto nas missões de ataques ao solo quanto nas missões de reconhecimento. O F-4 continuou a formar uma parte importante do poder aéreo militar dos EUA ao longo dos anos 1970 e 1980, sendo substituído gradualmente por aeronaves mais modernas, como o F-15 e F-16.

Muitas nações o utilizaram. Inglaterra, Alemanha, Irã, Egito, Israel, dentre outras tantas. O Brasil, num passado próximo, pensou em adquirir unidades do Phantom da Inglaterra para a Marinha, mas infelizmente, para todostodos  nós apaixonados por esta beleza, o negócio não se concretizou.

O kit.

Notoriamente, talvez seja o caça moderno que mais arrebate paixões entre os amantes da aviação, por seu elegante perfil e afamada história. Não é atoa que a indústria modelística ofereça tantas opções para esta bela aeronave. Entretanto, estávamos carentes de um Phantom de qualidade na 1/48, especialmente sua versão “B” aqui representada.

A Academy supriu esta lacuna no final do ano de 2012 lançando seu F-4B com a magnífica pintura “Sundowners” na caixa. Hoje, a Eduard, seguindo uma de suas linhas de mercado, agrega valor àquele kit com diversos sets de melhoramentos e relança o produto que agora vamos revisar.

Trata-se então do mesmo kit Academy 12294, com ligeira diferença e belas adições. Para começo de conversa, a Eduard eliminou a injeção em três cores de gosto duvidoso (cinza para as partes superiores, branco para as inferiores e preto para alguns detalhes) e reinjeta o kit completamente em cinza claro.

Começando pelo cockpit, a Eduard faz parte de sua magia com melhoramentos em resina e photoetch. Painéis, instrumentos, pedais e diversos detalhes por toda a área em magníficos PEs coloridos. Assento ejetável em resina da série Brassin, com cintos e detalhes na nova opção “fabric”, que imita a textura de tecido e são incrivelmente realistas.

Canopy injetado em quatro transparências com uma linha de molde muito discreta no topo das partes móveis, de fácil polimento. Máscaras pré cortadas acompanham esta edição luxuosa da Eduard.

Na parte externa, detalhamento de linhas de painel, rebites, frestas e demais funcionalidades das asas e fuselagem são simplesmente soberbos. De imediato você irá notar e se impressionar com a fuselagem superior injetada em uma única peça, eliminando a emenda dorsal. A parte móvel da asa vem apartada do conjunto e possibilita a montagem recolhida, como embarcado, entretanto, o detalhamento das engrenagens e perfil das asas não acompanham o modelo, sendo este um bom campo para os fabricantes de resina e “scratchs”.

Shape da fuselagem e asas com detalhamento correto por todo o modelo, que oferece montagem rápida e precisa, sem nenhum complicador. Ailerons, leme e freios aerodinâmicos posicionáveis. Profundores em duas opções para modelos diversos, bem como o topo da deriva, que também apresenta duas possibilidades. Dois radomes e opções de “queixo” completam as variantes.

Na motorização, destaque para os intakes, que permitem montagem de um duto completo até a entrada da turbina. Tubeiras de exaustão em resina e PE completam o visual detalhadíssimo que a Eduard propõe. Moldes excelentes, nenhuma rebarba ou distorção nas peças que acompanham nosso exemplar.

Trens de pouso muito bem detalhados, assim como as caixas de roda que me parecem adequados. Rodas em resina com detalhamento bastante superior ao injetado.

Por fim, não há como deixar de registrar as diferenças deste com o F-4B Hasegawa. Muita gente boa já falou disso na internet, mas aqui seguem minhas rápidas linhas: O molde Hasegawa é antigo, com linhas altas de relevo (F4-B), e não contém sequer a metade dos detalhes deste kit, sem falar no cockpit ridiculamente simples. O único ponto onde a Hasegawa supera este Academy/ Eduard (em algumas versões e lançamentos) é no canopy, por oferecer, além do tradicional com a cabine aberta, também um inteiriço, em uma única peça, do para-brisas ao final, que é uma excelente opção para a cabine fechada.

 

 photo IMG_1384_zps2892b4c3.jpg  photo IMG_1381_zpsdbb95969.jpg  photo IMG_1379_zpsac9811fc.jpg  photo IMG_1387_zps56d1faa8.jpg  photo IMG_1389_zps3b6484f4.jpg
 photo IMG_1393_zps039c4d70.jpg  photo IMG_1390_zps3f7fd525.jpg  photo IMG_1391_zpsa51407e1.jpg  photo IMG_1392_zps81afd111.jpg  photo IMG_1395_zpsdc9b6878.jpg
 photo IMG_1394_zps8edd798e.jpg  photo IMG_1402_zpsdf6d2b6f.jpg  photo IMG_1401_zps14b13bdb.jpg  photo IMG_1396_zps7b4115e5.jpg  photo IMG_1398_zps63e5e61c.jpg
 photo IMG_1406_zpsc2a9d1eb.jpg  photo IMG_1407_zps742c0466.jpg  photo IMG_1411_zps7521ff9f.jpg  photo IMG_1412_zps14ae3f92.jpg  photo IMG_1409_zps34b59848.jpg
 photo IMG_1413_zpse8461205.jpg  photo IMG_1416_zps8d1037d6.jpg  photo IMG_1418_zps3fb31846.jpg  photo IMG_1417_zps65154bd1.jpg  photo IMG_1400_zps757d0d10.jpg

 

 

 

 photo IMG_1420_zps0f195869.jpg  photo IMG_1419_zpsa8f090f3.jpg  photo IMG_1426_zps2345a0d5.jpg  photo IMG_1429_zps895ef7db.jpg  photo IMG_1422_zpsf8f8d615.jpg
 photo IMG_1427_zps5eb8be49.jpg  photo IMG_1425_zps9e46f15a.jpg  photo IMG_1430_zps7b334c8d.jpg  photo IMG_1431_zpsa3a78ae0.jpg  photo IMG_1432_zps1c0da463.jpg

 

 

 photo IMG_1404_zps1a653339.jpg  photo IMG_1405_zps54b42323.jpg

 

 

 photo IMG_1358_zpsbd24ee59.jpg  photo IMG_1369_zps21c817c3.jpg  photo IMG_1365_zps051ee5b4.jpg  photo IMG_1447_zpsf96eeb02.jpg  photo IMG_1377_zpsb303137c.jpg
 photo IMG_1375_zps5d81739d.jpg  photo IMG_1371_zps48503d2e.jpg  photo IMG_1370_zpsa2166813.jpg  photo IMG_1374_zps5daa9ed0.jpg  photo IMG_1363_zpsbc2f698a.jpg
 photo IMG_1367_zps2aabf7cd.jpg  photo IMG_1361_zpsf67ca153.jpg  photo IMG_1368_zpsc526f8d2.jpg  photo IMG_1364_zps00427ed3.jpg  photo IMG_1366_zpsadaa13cb.jpg

 

 

 

 

Instruções e opções de pintura.

Instruções no tradicional livreto em papel couchê com 20 páginas coloridas que dirigem o modelista por toda a montagem sem sobressaltos.

São cinco as versões possíveis. Decais Cartograf em duas grandes folhas, uma para as marcações e outra para os stencils, que são muitos, mas muitos mesmo!

Impressão perfeita, filme bem fino, cores firmes e centralizadas, nada fora do lugar, memso para os pequeninos stencils que permitem leitura de seus textos com uma boa lupa.

As versões possíveis direto da caixa são:

BuNo. 153020, VF-161 „Chargers“, USS Midway, Maio de 1972

BuNo. 153019, VF-111 „Sundowners“, USS Coral Sea, Março de  1972

BuNo. 152258, VMFA-323 „Death Rattlers“, Chu Lai Air Base, Vietnam, 1967

BuNo. 151492, VF-84 „Jolly Rogers“, USS Independence, 1965

BuNo. 152238, VMFA-542 „Bengals“, Da Nang Air Base, Vietnam, 1966

 

 photo IMG_1455_zps60651411.jpg  photo IMG_1453_zpsfca407cc.jpg  photo IMG_1454_zpsd25914f2.jpg  photo IMG_1452_zps2a200b36.jpg  photo IMG_1452_zps2a200b36.jpg
 photo IMG_1451_zps7c53e6c3.jpg  photo IMG_1450_zps0d17485b.jpg  photo IMG_1445_zps630eeaa3.jpg  photo IMG_1439_zps05f21f86.jpg  photo IMG_1441_zpsbc4ad4dc.jpg
 photo IMG_1443_zpsa3bda8f3.jpg  photo IMG_1444_zps06b0f65c.jpg  photo IMG_1440_zps6f76e365.jpg  photo IMG_1436_zps879e87fb.jpg  photo IMG_1435_zps065281c5.jpg

 

 

Conclusão.

Apesar do grande número de peças, a montagem é bem simples e direta, sem grandes complicações. Bem mais detalhado que seus concorrentes, e ainda mais com as adições feitas pela Eduard, o “Good Morning Da Nang!” é um kit imperdível, seja pela necessidade que toda coleção tem de possuir um belo Phantom, seja pelo apelo da era do Vietnam, junto com um kit fantástico.

Altamente recomendado!

 

Obrigado Eduard pelo exemplar para review!

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Clique nos links para ir a pagina.

Notícias e Reviews Anteriores

Ultimas do Forum