ARTIGO: MONTANDO OS SHERMAN M4 DO EXÉRCITO BRASILEIRO
Por César Ferreira
MONTANDO O SHERMAN M4 BRASILEIRO

A idéia inicial desse documento é de mostrar quais foram os tipos de Shermans utilizados pelo Brasil e quais são os modelos injetados ou de resinas que permitem a montagem de um exemplar do EB.
A montagem de um M4 do EB vai exigir algum tipo de alteração por parte do modelista, seja ela através de uma conversão de resina ou a troca de peças proveniente de outro modelo de Sherman.

Vou abordar somente as três principais escalas, 1/72, 1/48 e 1/35.
Começo pelo Sherman M4 indo ao M4 Composite Hull ou Hybrid Hull, M4A1, M4A1E9 e finalmente o Sherman Brasileiro.
Espero que este documento seja útil a todos os modelistas que sempre deparam na dificuldade de informações sobre qual modelo utilizar para um Sherman do EB. Obviamente que isso não é a palavra final e se houver alguma correção a ser feita, vou depender da informação de quem as possuir, mas vamos aos dados.

Sherman M4:
A maioria dos modelos injetados que encontrei no mercado tem um detalhe em comum. São cascos do tipo “non direct vision” e o Brasil utilizou o casco direct vision. Como o trabalho é voltado para chegarmos um veículo do EB, na lista de kits aparecem os fabricantes de resina que possuem os cascos corretos para o nosso M4. Abaixo um exemplo do que estou falando:

Casco Direct Vision utilizado pelo EB:

Casco Non Direct Vision encontrado nos kits:

Torre dos Shermans M4 do EB:
Em todas as referências que encontrei sobre os Shermans M4 utilizados no Brasil, a torre era do tipo Late Low Bustle sem pistol port, como pode ser observado nas fotos abaixo. Vale o mesmo para os modelos injetados, seja em que escala for sendo que a única diferença consistia que um tipo de M4 que o Exército usou possuía uma Late Low Bustle com blindagem adicional na sua lateral direita:

Torre Late Low Bustle:

Torre Late Low Bustle com blindagem:

Mantlet dos Shermans M4 utilizados no Brasil - inteiro:

Mantlet dos Shermans M4 utilizados no Brasil - curto:

Transmission Cover dos Shermans M4 do EB:
Havia duas frentes bem distintas uma da outra nos Shermans do EB. Estou me referindo ao Transmission Cover, que era a parte frontal do Sherman, que podia ser em uma ou três partes. São poucos os exemplares que possuíam o Transmission Cover em três partes, mas eles existiam e alguns modelos do mercado possuem os dois tipos dentro da caixa.


Esteiras dos Shermans M4 do EB:
Em relação às esteiras, eu só tenho referências sobre o uso das esteiras com sapatas inteiras de borrachas ou com chevrons também de borracha. Nunca achei nada que comprovasse a utilização de outros tipos de esteiras nos Shermans que vieram para o Brasil.

Sistema de Rodagem dos Shermans M4 do EB:
Pelo que pude observar, havia duas variantes da roda tratora e me parece que dentro de uma mesma unidade poderíamos encontrar essas variações. Fiz uma pequena marca nas fotos mostrando quais eram as diferenças, juntamente com um desenho.

Em relação ao tipo de roda encontrada nos Shermans, todas as fotos mostram rodas do tipo fechada e não vazadas.

Deck do motor dos Shermans M4 do EB:
Todos os modelos possuem o deck do motor na sua forma correta e não encontrei nada que pudesse comprometer. Algumas fotos para exemplificar melhor a questão:

Modelos existentes no mercado do Sherman M4:
Escala 1/72:
Armourfast 99001
Extra Tech 2035
Trumpeter 07223

Escala 1/48:
Tamiya 32505
Hobby Boss 84802

Escala 1/35:
Tamiya 35190
TankWorkshop TWS0067 (Conversão)
Formation F094 (Conversão)

Bem, isso encerra a seção do M4!

Eu procurei consultar com cuidado para não haver engano e acabar indicando um modelo errado. Com base nas informações e fotos que se possa conseguir, acredito que o modelista consiga montar um carro que represente um legítimo Sherman do Exército Brasileiro. Se houver alguma coisa errada, basta informar que eu faço as devidas correções no texto.

É isso!

Atenciosamente

Cesar Ferreira